Os óleos DoTERRA são seguros?

Sim! Os óleos DoTERRA são! São óleos puros que são feitos exclusivamente de plantas que podemos tocar, consumir e utilizar de forma segura.

Então, se sabemos que temos os óleos DoTERRA puros, livres de químicas e testados e sabemos que as plantas são seguras de usar, então é apenas uma questão de usá-las com sabedoria.

Quando voltamos à natureza, encontramos soluções seguras para os nossos problemas diários. Usando óleos (verdadeiramente) essenciais você terá uma ferramenta maravilhosa para capacitar você a cuidar de si mesmo e de sua família de forma natural e segura.

Top 10 Dicas para usar seus óleos com segurança:

  1. Conheça a empresa que você está comprando – quais testes eles fazem? Todos os óleos são testados ou apenas certos lotes? Com que frequência? Quem faz o teste? De onde os óleos são originários? Como eles são cultivados? O preço é coerente? Os óleos adulterados podem ser muito perigosos, então seja um consumidor inteligente.

  2. Comece lentamente. Pode haver um período de ajuste para algumas pessoas, dependendo da sua saúde e química corporal. Algumas pessoas querem usar litros, mas não é necessário pois os óleos DoTERRA tem um excelente funcionamento , mesmo em quantidades pequenas. Os adultos sempre devem usar 1-2 gotas por vez. Seja gentil com o seu corpo e preste atenção a isso. Facilite o processo de mudança de estilo de vida. Lento e gradual é sempre uma maneira mais gentil de tratar seu corpo, independentemente da mudança, comece aos poucos e vá aumentando gradativamente o máximo que indicamos são 15/20 gotas por dia pra um organismo adaptado. Mas confesso que nunca precisei de mais de 10 gotas por dia.

  3. Menos é mais. Uma gota por vez! Na verdade, é melhor para o seu corpo usar menos óleo com mais freqüência, em vez de 10 gotas algumas vezes por dia, tente 1-2 gotas a cada hora. O fígado pode processar o óleo de maneira gradual, então tomar doses extras é apenas desperdiçar seus óleos e fazer o seu fígado funcionar com mais dificuldade (eu tenho usado óleos internamente e externamente e meu fígado e rins são muito saudáveis)

  4. Sempre diluir. Ok … na maioria das vezes! Eu seria uma hipócrita se eu dissesse que nunca usei alguns óleos “sozinhos” (não diluídos). Nós diluímos por alguns motivos: ser mais suave na pele, aumentar a absorção e cobrir áreas maiores sem usar litros de óleos essenciais. Muitas vezes em mim, eu vou pego um óleo e uso não diluído porque não tenho uma garrafa de rollon diluída em mãos, ou se é uma área que não sensível como as solas dos meu lá pés. Eu sempre diluo para os meus filhos, exceto algumas vezes quando eu uso óleos mais leves nas solas dos pés. Nós não diluímos porque é “perigoso” NÃO, nós diluímos para sermos cautelosos com a nossa pele e fazer nossos óleos cheguem mais longe e profundamente. DICA: Leia isso para as diretrizes de diluição e, ao fazer uma cápsula de gel, adicione o óleo de oliva ou mel para diluir.

  5. Evite a sensibilização da pele. A irritação da pele significa que a pele pode ficar vermelha ou irritada temporariamente. Isto pode acontecer com óleos “quentes” como orégano ou canela!!! Sempre dilua esses óleos. A sensibilização significa que, devido ao uso excessivo ou à não diluição seu corpo, torna-se sensibilizado e, a qualquer momento, você usa esse óleo específico, seu corpo pode responder com vermelhidão, coceira, etc. Óleos essenciais são POTENTES, especialmente quando você está lidando com a pureza da empresa que trabalhamos.

  6. Nunca pingue óleos em seus olhos, ouvidos e nariz.

  7.  Se você colocou óleos no lugar errado (leia acima no item 6) ou um óleo é muito forte para você e você tem uma sensação de queimação na pele nunca use água para retirar – pegue algum óleo carreador (como o óleo de coco) e dilua bem a área. Vai ficar tudo bem.

DICA: O óleo de coco fracionado é o óleo carreador mais estável, não mancha roupas e não deixa a pele gordurosa ou oleosa.

  1. Mantenha seus óleos fora do alcance das crianças. Existem alguns óleos essenciais que podem causar problemas de intoxicação em doses MUITO altas (como beber metade da garrafa ou mais), como o wintergreen ou o Peppermint. Estes são óleos muito fortes, e nós realmente não queremos que nossos filhos pequenos bebam óleos, então mantenha as lindas, coloridas e sedutoras garrafas em uma prateleira. Eu tenho garrafas de rollon com os óleos diluídos. Eu mantenho acessível para meus filhos. Não tenho ideia de como uma criança poderia realmente beber muito óleo essencial quando 1 gota de hortelã é tão forte, mas pode acontecer. As crianças são imprevisíveis, então tome o cuidado necessário.

  2. Coloque seus óleos cítricos onde vc não pega sol (como sola dos pés). Os óleos citricos e o sol não combinam. Você não quer uma “queimadura de Bergamota” – eles deixam uma marca marrom na pele e duram muito tempo. Seja mais cuidadoso com a Bergamota que é fototóxica, mas nem todos os óleos cítricos causam a mesma sensibilidade.

Agora é hora de aproveitar nossos óleos! Esta manhã eu saí da cama para ir a academia. Eu estava cansada. Coloquei o óleo balance nos meus pés e uma mistura de cítricos na palma das mãos (profundamente inalada) e na parte de trás do meu pescoço e foi a escolha perfeita! As formas de usar óleos essenciais em suas vidas diárias são infinitas.

É muito difícil errar, então use-os, ame-os, compartilhe-os sempre! Conte comigo para te orientar sempre.

Me envie um e-mail para fazer parte da minha equipe de suporte doterra (se você ainda não faz parte da empresa) aguardo seu contato!

(22) 97401-3289

error: Content is protected !!